Main Ad

INMET emite alerta de perigo de chuvas intensas para 6 municípios em Roraima

 

Alerta vale até às 10h de terça-feira (27). Nesse período, podem ocorrer chuvas entre 20 e 30 milímetros por hora ou até 50 milímetros por dia - Foto: INMET

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu nesta segunda-feira (26) um alerta amarelo de chuvas intensas para seis municípios de Roraima. O estado enfrenta o período de seca, agravado pelo fenômeno El Niño, e tem sofrido com queimadas e incêndios florestais.

O alerta prevê chuva entre 20 e 30 milímetros por hora ou 50 milímetros por dia, com ventos intensos de 40 a 60 km/h. Ele vale até às 10h de terça-feira (27).

O alerta amarelo aponta a previsão de "perigo potencial". Nessa classificação, há baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas. Os municípios em alerta são:

  • Amajari
  • Alto Alegre
  • Caracaraí
  • Iracema
  • Mucajaí
  • Rorainópolis

Os seis municípios estão entre as 30 cidades do país com os maiores focos de calor, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) que reúnem queimadas de domingo (25) para está segunda-feira. Caracaraí, localizado ao Sul do estado, lidera o ranking nacional, com 17 focos.

O município é seguido por Alto Alegre e Mucajaí, ambos com 16 focos, e a capital Boa Vista, com 11. O município de Iracema, também na região Sul, apresentou nove focos até a manhã desta segunda.

Bonfim, Amajari e Rorainópolis aparecem com 8, 7 e 2 focos de calor, respectivamente. No sábado (24), o governador Antonio Denarium (PP) decretou emergência em nove municípios devido aos efeitos da estiagem na região. Entre eles estão Amajari, Alto Alegre, Caracaraí, Iracema e Mucajaí.

Orientações

As orientações do Instituto Nacional de Meteorologia são para que, em caso de rajadas de vento, as pessoas não se abriguem debaixo de árvores pois há risco de queda e descargas elétricas, e não estacionem veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda.

Se possível, o recomendado é que as pessoas evitem usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada e desliguem o quadro geral de energia.

Caso haja algum problema, o Inmet orienta que as pessoas entrem em contato com a Defesa Civil, por meio do número 199, e com o Corpo de Bombeiros, por meio do número 193.

Fonte: g1 Roraima


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem