Main Ad

Jalser e Jorge Everton trocam cadeiradas em pizzaria de Boa Vista



A pizzaria Thiaré, situada na avenida Ville Roy, no bairro River Park – área nobre de Boa Vista – foi o palco do fight que envolveu o deputado Jorge Everton (União Brasil) e o ex-deputado e ex-presidente da Assembleia Legislativa, Jalser Renier.

Inimigos confessos e declarados – Jorge Everton foi relator do processo no Conselho de Ética da Assembleia que resultou na cassação do mandato de Jalser – os dois se enfrentaram nesta noite de terça-feira quando se encontraram na pizzaria.

Inicialmente os dois se encararam e o clima pesou quando ambos se armaram de cadeiras e começou a briga. Jalser atirou uma cadeira na direção de Everton que revidou e agrediu o ex-parlamentar. Jalser deixou o local resmungando.

“Eu vou te pegar, vagabundo”, disse Jalser enquanto deixava a poizzaria. “Vem bandidão, covarde”, respondeu Jorge Everton que permaneceu no recinto.

Essa arenga dois é antiga e remonta ao tempo que foi iniciado o processo de cassação de Jalser na Assembleia. Jorge Everton, que já foi aliado de Jalser, acabou sendo indicado relator. Experiente na condução de inquéritos na Polícia Civil, quando era delegado, Jorge consolidou a investigação no âmbito da Comissão de Ética e conseguiu colocar o processo de cassação que foi aprovado por 18 votos em sessão especial ocorrida no dia 28 de janeiro de 2022, sob acusação de comandar uma milícia que sequestrou e torturou o jornalista Romano dos Anjos.

Assista

Ainda a pouco, minutos depois do ocorrido, Jalser gravou um vídeo e postou em seu perfil no Instagram. Relata o que aconteceu, mostra as marcas da agressão no pescoço, nos dois lados do rosto e um ferimento com sangue no braço. Disse que apanhou, mas também bateu. “Cadeirada eu recebi e cadeirada eu dei. Vou ao ILM fazer corpo de delito e registrar um B.O. contra esse vagabundo”, disse quanto gritava palavrões impublicáveis contra Jorge Everton, o deputado Sampaio – presidente da Assembleia – e o governador Antonio Denarium a quem chamou de “governadozinho safado”.

No desabafo Jalser faz muitas ameaças. Chama um monte de políticos de ladrão, demonstra absoluto ressentimento pela perda do mandato e promete que “vai ter vingança”. Contra Jorge Everton as palavras ccontinham cunho homofóbico: “Você é  uma menina, você  é  uma moça”, disse Jalser após chamar o parlamentar de “viadinho”.

O ex-parlamentar disse que ainda não começou a bater no governador Antonio Denarium, mas diz que a hora dele vai chegar. “Não comecei a te bater não, Denarium. Mas vai começar tud hora, seu governadorzinho safado. Vai chegar tua hora. Tú pode ter certeza disso”.

O fato percutiu imediatamente nas redes sociais, porque várias pessoas que estavam jantando na pizzaria gravaram as cenas da briga. Um fato que não deixa de ser lamentável e vergonhoso, que envolve cidadãos proeminentes da política local.

Fonte: Blog do Perônico

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem