Main Ad

PF deflagra operação contra grupo suspeito de movimentar R$ 30 milhões com compra e venda de ouro extraído da TI Yanomami

Investigações seguem em andamento – Foto: Divulgação/PF


A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã de hoje (25) a operação Ponte de Ouro, com o objetivo de investigar suspeitos intermediar a compra de ouro extraído ilegalmente da Terra Indígena Yanomami.

São cumpridos 8 mandados de busca e apreensão, além do bloqueio de bens, expedidos pela 4ª Vara Federal Criminal da Justiça Federal em Roraima.

As investigações tiveram início após o exército prender garimpeiros ilegais em 2020 na TIY e os conduzirem à PF. Na ocasião, eles informaram para quem vendiam o ouro extraído ilicitamente da área.

O inquérito policial aponta que o grupo teria movimentado mais de R$ 30 milhões em 4 anos, e, através de empresas de fachada ou com atividades regulares sem relação com a mineração, receberiam valores de diversos estados do país. Para evitarem levantar suspeitas, os envolvidos buscariam sacar os grandes valores de forma fracionada.

As investigações seguem em andamento.

Fonte: RR em Tempo

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem