Main Ad

Foragidos da justiça são presos com armas e drogas

 Foto: divulgação


Três homens, sendo dois foragidos e um com uma arma de fogo carregada, foram presos com drogas , dinheiro e uma arma carregada em uma ação conjunta coordenada por policiais da Assessoria Especial de Inteligência/Divisão de Captura (Dicap) da Secretaria de Justiça e Cidadania de Roraima (Sejuc) e Agentes do Departamento de Trânsito do Estado de Roraima (Detran-RR).

A abordagem ocorreu durante patrulhamento ostensivo no bairro Buritis. O foragido Eduard Jose Hortado Brizuela, conhecido como “Sapito”, de 25 anos, estava foragido da Casa do Albergado desde o dia 9 de maio. Ele cumpria pena por tráfico de drogas e além disso, havia um mandado de prisão expedido pela Vara de Execuções Penais. No momento da abordagem ele não estava com documentos e informou um nome falso para os policiais, no entanto, ele vinha sendo monitorado pela Dicap.

Sapito estava na garupa de uma moto conduzida por Antoni Eduardo Lopes Lopez, de 24 anos, que estava com uma porção de entorpecentes escondida na cueca.

Durante buscas na casa do foragido, no bairro Pricumã, os policiais encontraram mais entorpecentes e uma pistola Beretta, calibre 9 mm, municiada e carregada, sem numeração aparente.

Foram apreendidos ainda, 16 munições intactas de 9mm marca CBC, um carregador e R$ 900,00 em espécie.

Durante as buscas na casa de Sapito, um homem identificado como Keyber Carlos Manuel Diaz Marin, de 18 anos, correu para dentro de um dos apartamentos do condomínio, o que chamou atenção dos policiais.

Ele também era procurado pela justiça com registro no Banco Nacional de Mandados de Prisão com um mandado de prisão preventiva expedido em 14 de janeiro de 2022, pela 1º Vara Criminal do Tribunal do Júri e da Justiça Militar, por homicídio. Segundo constante do processo, os autores tentaram atear fogo na vítima.

A motocicleta foi apreendida pelo Detran e os foragidos Eduard Jose Hortado Brizuela, Keyber Carlos Manuel Diaz Marin e o flagranteado Antoni Eduardo Lopes Lopez foram levados para a Central de Flagrantes para o cumprimento dos Mandados de prisão e Auto de Prisão em flagrante por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo.

Fonte: Roraima1


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem