Main Ad

Prefeitura promove mutirão contra o Aedes aegypti no bairro Dr. Airton Rocha

Cerca de 100 agentes se mobilizaram neste sábado, 16, para orientar os moradores e eliminar os possíveis criadouros do mosquito


Para levar orientações de prevenção contra o mosquito Aedes aegypiti e amenizar os casos de arboviroses na capital, a Prefeitura de Boa Vista promoveu um mutirão neste sábado, 16, com cerca de 100 agentes de endemias. Os profissionais visitaram 1.773 imóveis no bairro Dr. Airton Rocha e conseguiram eliminar 906 depósitos encontrados nos domicílios.

A ação é coordenada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) por meio da Unidade de Vigilância e Controle de Zoonoses (UCVZ). A moradora Consolata Patrício, de 45 anos, afirma que teve sintomas de dengue recentemente e, por isso, está sempre atenta para eliminar possíveis criadouros do mosquito.

“É importante informar a população. Porque apesar de eu fazer a minha parte, outros acabam não fazendo. Assim não adianta. Tive febre, moleza, dor no corpo e na cabeça, foi muito ruim. Todo mundo tem que cuidar junto, sempre digo para os meus filhos que saúde é coisa séria”, relatou Consolata.

Em outubro de 2023, Boa Vista recebeu um alerta da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) a respeito do aumento de casos de arboviroses. Prontamente, a SMSA iniciou um plano de ações para intensificar o combate na capital.

“Sabemos que 75% dos casos de criadouros estão localizados nos domicílios das pessoas. Então, o combate é um trabalho em conjunto. O período de chuvas está se aproximando e agora é o momento de levar as informações para o máximo de pessoas”, disse a secretária municipal de Saúde, Regiane Matos.


Localizar e eliminar o mosquito Aedes aegypti

Durante as visitas, os Agentes de Combate a Endemias (ACE) fazem uma vistoria no imóvel e orientam os moradores sobre as formas corretas de lidar com essa espécie de mosquito.

“Evitar focos de água parada é uma tarefa simples e pode ser feita no dia a dia. Precisamos eliminar lixo a céu aberto que possa acumular água, virar garrafas com a boca para baixo e ficar atentos às calhas de casa, que podem entupir. Quando encontramos alguma dessas coisas durante as visitas, logo resolvemos para evitar larvas”, contou o ACE Inácio Pereira.

FONTE: Prefeitura Bv

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem