Main Ad

Mais de 300 motoristas foram autuados por uso de celular ao volante desde o início do ano

Em janeiro, o estado autuou 150 pessoas e em fevereiro foram 165. Utilizar o celular ao volante é uma infração gravíssima e prevê multa de R$ 293,47 (Foto: Divulgação/Detran-RR)


Nos meses de janeiro e fevereiro deste ano, o Departamento Estadual de Trânsito de Roraima (Detran-RR) autuou 315 motoristas e motociclistas por utilizarem celulares enquanto dirigiam. Os dados foram divulgados na noite dessa segunda-feira (25) pelo órgão.

O uso do telefone ao volante é considerado infração gravíssima. Não é permitido falar ao celular nem mesmo utilizando fone de ouvido.

De acordo com o Departamento de Trânsito, foram registradas 150 autuações apenas em janeiro. Já em fevereiro, o número saltou para 165, o que representa um aumento de 10% na comparação entre os dois meses.

De acordo com o diretor de Segurança no Trânsito, Gueres Mesquita, dirigir mexendo no celular é tão perigoso quanto conduzir um veículo após a ingestão de bebida alcoólica. Ele alertou que, caso o condutor precise utilizar o celular, é necessário estacionar o veículo e deixá-lo desligado durante a ação.

“Muitos motoristas não querem parar o veículo e esperar um minuto a mais para curtir uma foto, mandar uma mensagem ou conversar com alguém pelo celular”, ressaltou o diretor de segurança.

Conforme o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) manusear o celular ao volante é uma infração gravíssima e pesa R$ 293,47 no bolso no condutor. Além disso, autuado, ele perde sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Mesmo com o carro parado no semáforo ou no engarrafamento, o uso de aparelhos eletrônicos continua sendo infração passível de multa. O acúmulo de 20 pontos ou mais, em um período de até 12 meses, pode causar a suspensão da CNH.

FONTE: g1 RR

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem