Main Ad

Mãe e filho são presos em São João da Baliza-RR por por exercício ilegal da medicina

Dupla é de Manaus no Amazonas e foram ao município para realizar a consulta e já venderem os óculos (Foto: PCRR)

Duas pessoas foram presas por exercício ilegal da medicina Polícia Civil de Roraima em São João da Baliza, região sul do estado.

Segundo a PC, os dois chegaram à sede de São João da Baliza e promoviam anúncios com carro de som convidando os moradores a fazerem a consulta e receber os óculos, tudo por um valor de R$ 399,00.

De acordo com informações prestadas pelo delegado titular da Delegacia de São João da Baliza, Fernando da Cruz, o CRM (Conselho Regional de Medicina) efetuou uma denúncia sobre a atuação de um suposto médico no município.

“A equipe de policiais diligenciou até a casa em que os suspeitos estavam e os deteve, conduzindo-os à Delegacia”, disse o delegado.

Os policiais penderam a empresária R. M. R., de 54 anos e o filho dela B. R. T., de 27 anos. Junto com eles os policiais apreenderam equipamentos e vários óculos de graus.

Mãe e filho alegaram que são da cidade de Manaus, no Amazonas, onde têm uma ótica e que foram ao município com o objetivo de fazerem a consulta e já venderem os óculos.

“Não é crime eles venderem os óculos. O crime se configura quando eles anunciam que estão fazendo consultas médicas com o oculista, sem ter esse profissional fazendo a consulta. Quem estava fazendo as consultas era o filho da dona da ótica”, disse o delegado.

Mãe e filho irão responder ao procedimento em liberdade.

Fonte: Portal Norte

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem