Main Ad

Garimpeiro é morto com tiro no tórax durante perseguição da PM em Alto Alegre

José Emerson Oliveira Neves, 42 anos, morreu com um tiro no tórax disparado pela PM (Foto: Reprodução)

Um homem identificado como José Emerson Oliveira Neves, de 42 anos, morreu ao ser baleado por policiais militares do grupo Tático Ostensivo Rodoviário (TOR) durante uma perseguição na madrugada deste sábado (23) na vila Recrear, em Alto Alegre, interior de Roraima.

José Emerson, segundo relato dos policiais, dirigia um carro de passeio quando avançou um ponto de bloqueio montado na RR-205 e avançou contra a PM, "atentando contra a vida dos policiais".

Ainda na versão da PM, José Emerson fugiu por uma estrada de chão rumo à vila Recrear e iniciou-se a perseguição. Durante a fuga, o homem, segundo os policiais, atirou contra a equipe policial, que revidou e deu um tiro que atingiu o tórax de José Emerson.

Ferido, ele perdeu o controle da direção do carro, que desceu um barranco, bateu contra o muro de uma construção e parou em uma árvore. Os próprios policiais do TOR foi quem tiraram José Emerson do carro dele e o levaram para o Hospital Geral de Roraima, em Boa Vista.

Segundo o relatório do caso, José Emerson estava "desfalecido com respiração ofegante" quando foi socorrido. Ainda de acordo com os policiais, foi encontrado no carro um revólver calibre 38 com três munições deflagradas dentro do carro dele. No hospital houve tentativa de reanimação, mas José Emerson não resistiu e morreu.

Os policiais militares registraram a ocorrência na delegacia de Alto Alegre. No relato, eles disseram ter apreendido a arma e cassiterita, mas este material não foi entregue na delegacia da Polícia Civil, conforme o boletim de ocorrência.

A reportagem questionou a PM, mas, ao contrário do que constava no BO, a corporação disse os agentes entregaram sim o material apreendido. 

O corpo de José Emerson foi levado ao Instituto Médico Legal (IML). A causa da morte foi choque hipovolêmico (hemorragia) causada por lesão no tórax e ferimento por arma de fogo.

Os policiais disseram no relatório policial que estavam na região da RR-205 para averiguar denúncias de possíveis veículos que estariam transportando minérios. A região é rota usada por garimpeiros que atual ilegalmente na Terra Yanomami.

FONTE: G1 Roraima


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem