Main Ad

ESTIAGEM - Caroebe decreta emergência por falta de água

Seca em Caroebe: Decreto foi devido a diminuição de rios, lagos, açudes, bebedouros, igarapés e mananciais do município provocado pela forte estiagem. (Foto: Divulgação)


A seca em Roraima tem castigado vários municípios o estado. Por conta disso, o município de Caroebe, ao Sul do estado, decretou situação de emergência por 180 dias.

O decreto foi publicado nesta quinta-feira, 7, no Diário Oficial dos Municípios de Roraima (DOMR).

No documento, o prefeito do município, Osmar Filho (Republicanos), declarou que a redução de chuva desde agosto de 2023 provocou a falta de água para consumo humano e animal.

Isso devido a diminuição de rios, lagos, açudes, bebedouros, igarapés e mananciais do município provocado pela forte estiagem.

Além disso, o decreto aponta que a situação climática anormal e consequente seca em Roraima, está ocasionando perdas e prejuízos na agricultura, piscicultura e produção agrícola no município.

O decreto autoriza a Defesa Civil municipal entrar nas casas para prestar socorro ou determinar a evacuação. 

O prefeito determinou ainda a criação do Comitê Municipal de Gestão de Crise para enfrentamento da Situação de Emergência Pública no município.

Que será composto por ele, pelo Coordenador de Defesa Civil, pelo Secretário Municipal de Obras.

Além da Secretária Municipal de Saúde, Secretário Municipal de Planejamento Finanças e Administração e também pelo Secretário Municipal do Meio Ambiente de Caroebe.

Outros - Além de Caroebe, outros 10 municípios estão em situação de emergência por conta da forte estiagem em Roraima. Que são: Amajari, Alto Alegre, Cantá, Caracaraí, Iracema, Mucajaí, Pacaraima, Normandia e Uiramutã e São João da Baliza.

FONTE: Portal Norte 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem