Main Ad

Homem é condenado a 8 anos de prisão por estuprar a própria prima de 11 anos

Foto: Divulgação PCRR


Um homem de 22 anos, condenado a 8 anos de prisão por estuprar uma menina de 11 anos, sua prima, foi preso nessa segunda-feira (20), na Comunidade Indígena Uiramutã. Quem cumpriu o mandado foi a Polícia Civil de Roraima (PCRR).

De acordo com a Civil, o crime ocorreu em 2020 na Comunidade Indígena Taboca, no mesmo município. Acontecia uma festa na casa da vítima, e ele então se aproveitou que ficou sozinho com a menina, e levou a vítima para um posto. No local, ele cometeu a violência sexual.

No entanto, a mãe da menina estranhou a ausência e começou a procurar a filha. Ela então encontrou a vítima nervosa e desconfiou que algo havia acontecido. A mulher a examinou e ao constatar a violência sexual, comunicou para o tuxaua da comunidade. Logo, acionaram o Conselho Tutelar.

Do mesmo modo, o homem foi processado e julgado. Ele deveria cumprir a pena em regime, inicialmente, fechado. Assim, ele recorreu da sentença, contudo, teve o recurso negado. Houve a expedição do mandado para que ele agora cumpra a pena.

Fonte: RR em Tempo

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem