Main Ad

Justiça de RR anula eleições de conselheiro tutelar de São João da Baliza

Uma das candidatas relatou que três eleitores não puderam votar, pois, seus nomes não estavam na lista enviada pelo Tribunal Regional Eleitoral de Roraima


A justiça de Roraima anulou as eleições de conselheiro tutelar no município de São João da Baliza, interior de Roraima, após um pedido do Ministério Público do Estado de Roraima (MP-RR).

A decisão do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Baliza atendeu à recomendação da Promotoria de Justiça da Comarca de São Luiz, em razão de falhas no sistema de informações dos eleitores aptos à votação.

Uma das candidatas relatou que três eleitores não puderam votar, pois, seus nomes não estavam na lista enviada pelo Tribunal Regional Eleitoral de Roraima (TER-RR) para as seções de votação no dia da eleição.

Mas segundo o TRE-RR, os nomes dos três eleitores estavam na lista oficial de aptos à votação.

E que possivelmente, “poderia ter ocorrido erro ou falha no momento da transmissão dos dados para o CMDCA-RR, podendo, ainda, ter ocorrido alguma irregularidade no momento da impressão das listas”, relata trecho da recomendação.

Justiça diz que eleição foi prejudicada

Segundo a Promotora de Justiça da Comarca de São Luiz, Lara Von Held Cabral Fagundes, a não computação destes votos afetou diretamente o resultado final da eleição, em razão de empate entre dois candidatos.

“A participação popular no processo de escolha dos conselheiros tutelares se materializa por meio do voto, devendo o Estado garantir condições para que todos os eleitores aptos à votação possam participar”, destacou.

Uma nova votação está programada para ser realizada dia 15 de outubro.

Fonte: Portal Norte

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem