Main Ad

ALE-RR aprova solicitação de crédito de R$ 805,7 milhões para Governo

Sessão Plenária na Assembleia Legislativa de Roraima – Foto: ALE-RR/Divulgação


Nesta terça-feira, 17, a Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR) aprovou o Projeto de Lei Nº 263/2023, que autoriza o governador Antonio Denarium (PP) a realizar empréstimo de R$ 805,7 milhões. 

O PL recebeu 24 votos de aprovação, em caráter de urgência. A medida autoriza a contratação de empréstimo com o Banco do Brasil S/A, com a garantia da União e dá outras providências.

Na segunda-feira, 9, da semana passada, Denarium mandou uma carta à ALE-RR pedindo o crédito de quase R$ 806 milhões. Segundo o governador, o valor será utilizado em investimentos em infraestrutura, segurança, saúde, gestão e economia do estado.

“O Governo do Estado de Roraima busca com esta operação de crédito […] financiar projetos estratégicos que contribuirão de maneira significativa para o desenvolvimento e aprimoramento de setores essenciais para a população e para o nosso crescimento econômico”, menciona trecho do documento.

Para onde vai o dinheiro solicitado por Denarium

Segundo o Governo do Estado, os valores serão destinados a:

  • Revitalização do Parque Anauá – R$ 100 milhões;
  • Reforma e ampliação da Maternidade Nossa Senhora de Nazaré – R$ 360 milhões;
  • Construção de um novo bloco do Hospital Geral de Roraima (HGR) – R$ 80 milhões;
  • Implementação de rede de média e alta tensão – R$ 30 milhões.
  • Pavimentação de estradas vicinais – R$ 239 milhões;
  • Urbanização de sedes e vilas no interior – R$ 20 milhões.
  • Segunda etapa da Ponte da região do Passarão – R$ 43 milhões;
  • Construção de novos prédios próprios estaduais – R$ 37 milhões;
  • Conclusão do prédio do Detran – R$ 11 milhões;
  • Sede do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RR) – R$ 80 milhões;
  • Ampliação da Feira do Produtor – R$ 20 milhões;
  • Contratação de projetos – R$ 25,7 milhões;
  • Modernização das receitas e da gestão fiscal – R$ 10 milhões;
  • Aquisição de aeronaves – R$ 35 milhões;
  • Fortalecimento da Agricultura Familiar – R$ 30 milhões;
  • Construção de aterro sanitário – R$ 15 milhões.

Fonte: Portal Norte

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem