Main Ad

Zé Haroldo defendeu aprovação da PEC que inclui na Constituição o direito de acesso à internet


Estamos aqui trabalhando para transformar a internet em um direito constitucional.” Zé Haroldo Cathedral (Foto:Ascom)


Nesta quarta-feira (9), a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) da Câmara dos Deputados aprovou a Proposta de Emenda à Constituição 86/15, do deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP). A matéria pretende incluir entre as garantias fundamentais, descritas no artigo 5° da Constituição, o acesso à internet e a inviolabilidade do sigilo das comunicações realizadas por meio digital.

Durante a sessão, o deputado Zé Haroldo Cathedral (PSD-RR), líder da bancada do PSD na Comissão, encaminhou o voto pela aprovação da proposta. Em sua argumentação, o parlamentar destacou a necessidade de assegurar o acesso universal à internet para todos os cidadãos.

“Estamos aqui trabalhando para transformar a internet em um direito Constitucional. Ela é um elemento crucial para o exercício da cidadania e para o desenvolvimento da nossa população. E o nosso objetivo é colocar o acesso à internet no mesmo patamar da educação, saúde e emprego. Assim, vamos garantir mais segurança para os nossos cidadãos roraimenses, que tanto sofrem com a falta de internet”, defendeu.

O texto aprovado estabelece ainda que a inviolabilidade do sigilo das comunicações só poderá ser violada por ordem judicial, nas hipóteses e na forma que a lei estabelecer para fins de investigação criminal ou instrução processual penal.

 

Tramitação


Agora uma comissão especial será constituída para analisar o mérito da PEC, que depois será votada pelo Plenário, em dois turnos.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem