Main Ad

Passagem de ciclone extratropical pode afetar Roraima, alerta INMET

Consequências já poderão ser sentidas a partir desta quarta-feira (12) (Foto; Inmet/Reprodução)

Roraima está sob “alerta amarelo” com “perigo potencial” de tempestades e chuvas intensas, em razão da passagem de um ciclone extratropical. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), outros setes estados também estão em monitoramento por conta do fenômeno: Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Amazonas, Santa Catarina e Sergipe. 

Segundo o órgão, as consequências do fenômeno já poderão ser sentidas a partir desta quarta-feira (12), podendo se estender até a manhã de sexta-feira (14). A previsão do tempo aponta para tempestades e temperaturas baixas, porém, nos estados do Amazonas, Roraima e Sergipe, as chuvas são causadas pelo transporte de umidade.

Conforme o Inmet, a formação de um ciclone extratropical está associada a uma frente fria que deve avançar para além do Sul do país, em áreas também do Sudeste e Centro-Oeste. Nessas áreas, existe a tendência de queda de 10°C a 12°C com relação ao observado no dia anterior.

A Marinha do Brasil emitiu uma nota alertando que o ciclone poderá provocar ressaca, com ondas de altura de até 4,5 metros, entre Chuí (RS) e Laguna (SC), entre as noites de quarta (12) e sexta-feira (14). O fenômemo também poderá afetar a faixa litorânea entre os estados de Santa Catarina e São Paulo, de Laguna (SC) a São Sebastião (SP), com ventos de até 100 km/h.

Para a região norte são previstos volumes de chuva maiores que 20 (mm) no extremo norte, que podem ultrapassar 50 mm em áreas do noroeste do Amazonas e norte de Roraima, devido ao calor e alta umidade. Nas demais áreas, predomínio de tempo seco e sem chuva.

Fonte: Metrópoles/G1




Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem