Main Ad

Vistoria constata diversas insalubridades em empresa que produz alimentação para os hospitais de RR

 

Vistoria constata irregularidades sanitárias em empresa que fornece comida à Saúde de RR – Foto: Arquivo

Uma vistoria realizada no dia 23 de janeiro constatou que a empresa MeioDia Refeições, fornecedora da alimentação à Saúde de Roraima, apresenta irregularidades sanitárias no prédio onde produz os alimentos em Boa Vista.

A empresa é responsável por fornecer refeições para 28 unidades do Estado. A lista inclui o Hospital Geral de Roraima (HGR) e a Maternidade Nossa Senhora de Nazareth.

As informações estão descritas no Relatório Técnico Nº 001/2023/NP/Alimentos, assinado no dia 15 de fevereiro por uma médica veterinária e uma agente sanitária. As fiscais são do Departamento de Vigilância Sanitária Municipal de Boa Vista.

“A empresa apresentou à equipe de fiscalização, cópia da Licença Sanitária Nº 759/2022, com validade até 30/04/2023. Durante a inspeção, constatou-se que o estabelecimento apresenta não conformidades sanitárias que precisam ser sanadas, conforme determina a legislação sanitária pertinente”, diz trecho do documento.

Conforme o documento da vistoria, a iluminação está deficiente, o piso se encontrava desgastado, necessitando de restauração ou substituição, bem como havia abertura de comunicação da área interna com a externa, permitindo o acesso de vetores e pragas urbanas.

“[…] Há portas danificadas, a entrada principal é protegida por uma cortina de vento que não está sendo suficiente para impedir o acesso de vetores (moscas); […] O teto apresenta sujidades e desgastes; tem paredes com desgastes e sujidades; havia ralos tipo grelhas mal conservados; os lavatórios não estavam supridos com os produtos para limpeza e desinfecção das mãos”.

O documento aponta, ainda, que “a divisória das áreas de produção (sucos e Cortes de Carnes) está desgastada e necessita ser aumentada a altura para uma melhor proteção; observou-se fiação elétrica exposta, favorecendo acidente e dificultando a higienização; há uma única área para os cortes de todas as carnes”.

Fonte: Roraima em Tempo

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem