Main Ad

Prefeito de São Luiz James Batista e a esposa são denunciados por corrupção eleitoral e associação criminosa

A denúncia detalha que os acusados deram e prometeram dinheiro, visando a obtenção de votos em favor do candidato a prefeito, James Moreira Batista, e seu vice - Foto: Arquivo Pessoal

Nesta quinta-feira, 25, o Ministério Público Eleitoral (MPE) formalizou a denúncia contra o prefeito de São Luiz, James Moreira Batista, e sua esposa, Paula Florintino, pelos crimes de corrupção eleitoral e associação criminosa.

Juntamente, o servidor municipal Evanio Ribeiro Cavalcanti e o policial militar Flamínio da Silva Bento também foram alvos da mesma acusação.

Segundo a denúncia apresentada pela Promotora de Justiça Lara Von Held Fagundes, os crimes teriam ocorrido entre os dias 12/11/2020 e 15/11/2020, às vésperas da eleição para prefeito e vice-prefeito do município.

A denúncia detalha que, de maneira livre, consciente e voluntária, os acusados deram, ofereceram e prometeram dinheiro e outras vantagens a terceiros, visando a obtenção de votos em favor do candidato a prefeito, James Moreira Batista, e seu vice.

Conforme o inquérito policial, policiais rodoviários federais abordaram um carro conduzido por Evanio, na companhia de Flamínio.

Assim, durante a abordagem, encontraram dinheiro, “santinhos”, recibos de entrega de cesta básica e anotações com nomes de pessoas e valores ao lado, além de outras provas. Adicionalmente, extraíram conversas comprometedoras entre os denunciados de telefones celulares.

Em uma busca e apreensão realizada na residência do prefeito James Batista, agentes localizaram e apreendidos aproximadamente R$40.495,00 em espécie, junto com nomes de eleitores de São Luiz (com valores correspondentes ao lado).

Além disso, apreenderam uma lista contendo nomes de eleitores e telefones para contato.

Os policiais ainda encontraram uma grande quantidade de alimentos armazenados na garagem da casa para distribuição.

Juntamente com isso, a quantia de R$73.895,00, acompanhada de listas contendo nomes de eleitores e suas respectivas seções eleitorais, foi apreendida.

O Juiz eleitoral terá 10 dias para se manifestar sobre a Denúncia.

Fonte: Portal Norte

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem