Main Ad

Equipe do perfil ‘Choquei’ emite comunicado após prestar depoimento à polícia

Equipe do perfil Choquei volta a se pronunciar – Reprodução Redes Sociais


Nesta quinta-feira (28), o perfil ‘Choquei‘ voltou a se pronunciar sobre o caso envolvendo a morte de Jéssica Vitória Canedo, de 22 anos. A jovem morreu após ser vítima de fake news nas redes sociais.

De acordo com a nota, o proprietário do perfil Choquei, Raphael Sousa, prestou esclarecimentos à Polícia Civil de Minas Gerais e “apresentou fatos e documentos que contribuem para elucidar o episódio e dar a real dimensão do papel da Choquei no caso”.

No pronunciamento, a equipe ainda diz que “foram fornecidas provas sobre o fato gerador da notícia falsa – que foi publicada originalmente por um outro perfil e republicada posteriormente pela Choquei – e foram disponibilizadas imagens de diálogos que mostram os procedimentos adotados assim que a falsidade foi descoberta, como a retirada imediata do conteúdo falso republicado”, afirma o comunicado.

A equipe voltou a se solidarizar com a família, diz que está contribuindo com a polícia para o “aprimoramento do setor de notícias online” e reestruturação interna.

“Neste momento, a Choquei passa por um profundo processo de reavaliação interna dos métodos adotados visando a implementação de filtros e códigos de conduta para evitar que episódios dessa natureza voltem a acontecer”, diz a nota.

O perfil da Choquei compartilha notícias sobre famosos nas redes sociais. Depois de ter replicado um conteúdo falso sobre suposto affair entre Jessica Canedo e o humorista  Whindersson Nunes, a jovem e família pediram para que o conteúdo fosse retirado do ar por se tratar de  informações falsas.

Abalada com a situação, Jéssica chegou a escrever uma carta para a equipe do perfil, que mesmo assim não deu atenção aos apelos da jovem. Jéssica morreu no dia 23 de dezembro.

Confira:




Fonte: Área Vip


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem