Main Ad

Novo coordenador do Dsei-Y é investigado suspeito de desviar dinheiro de indígena

Ofício com a denúncia foi enviada ao MPF em 2015 pela coordenadora distrital da época, Maria de Jesus do Nascimento


O novo coordenador do Distrito Sanitário Especial Indígena Yanomami (Dsei-Y), o técnico em enfermagem Leandro Alves Lacerda, é suspeito de desviar da conta bancária de um indígena o valor de R$ 1,7 mil.

A denúncia foi enviada ao Ministério Público Federal (MPF) através de ofício, em julho de 2015, pela coordenadora da época, Maria de Jesus do Nascimento. Conforme o documento, Leandro, que era Agente Indígena de Saúde (AIS), conveniado à Missão Evangélica Caiuá, não tinha autorização para recolher qualquer quantia, vez que não trabalhava no Setor de Capacitação.

Conforme relato da suposta vítima, o técnico em enfermagem levou ele ao banco e sacou R$ 500,00, que ficou em sua posse. Quando foi à agência novamente para fazer um saque, se supreendeu, pois não havia o valor que ele esperava. Então retirou um extrato, que comprovou a transferência para a conta de Leandro.

“Outrossim, informo à V. Exa. que informes dão conta de que este mesmo funcionário, se aproveitando de sua proximidade e confiança com os índios, tem vendido armas de fogo para alguns indígenas levarem para suas comunidades”, destacou a denúncia.

Assim, a ex-coordenadora pediu ao MPF as providências que julgasse pertinentes. Contudo, o órgão entendeu, na época, que o caso seria de competência Estadual e repassou o processo, que segue sem conclusão.

A reportagem entrou em contato com o Ministério Público de Roraima (MPRR) para saber como anda as investigações e aguarda retorno.


Dsei-Y

No dia 30 de novembro de 2022, a Polícia Federal (PF) deflagrou operação que investiga desvio de recursos públicos federais no Dsei Yanomami que investiga um desvio de recursos públicos federais que teria deixado 10 mil crianças sem medicamentos.

Na ocasião foram alvos da corporação ex-coordenadores do Dsei-Y, como Rômulo Pinheiro e Ramsés Almeida. Conforme apuração do Roraima em Tempo, o senador Mecias de Jesus (Republicanos) é um dos responsáveis por indicar os três últimos dirigentes do órgão.

Fonte: Roraima em Tempo

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem