Main Ad

Denarium omitiu 6 propriedades rurais na declaração de bens do TRE-RR nas Eleições 2022

Lista de bens não declarados é composta de 4 fazendas, sendo 3 de grande porte, e dois sítios


Uma consulta realizada no Tribunal Regional Eleitoral de Roraima (TRE-RR) e no Sistema de de Gestão Fundiária do Incra (Sigef) aponta omissão de bens do governador Antonio Denarium (PP) nas eleições de 2022.

Os dados do TRE-RR não indicam sítios e fazendas que constam em seu CPF no cadastro do Sigef que, assim como no Tribunal, a consulta é pública.

Desse modo, a todo, a consulta Sigef mostra seis propriedades rurais no nome do governador que não aparecem na declaração de bens do TRE-RR.

Veja a lista:

  • Título definitivo da Fazenda Berrante de Ouro (694 Ha);
  • Título definitivo da Fazenda Boa Viagem (356 Ha);
  • Fazenda Paraná (742 Ha);
  • Sítio Monte Alegre (73 Ha);
  • Fazenda Piantã (711 Ha);
  • Sítio Deus me Deu (17 Ha).

A omissão dos bens indica a possibilidade de o governador ter cometido o crime de sonegação fiscal, previsto nos artigos. 1º e 2º, da Lei 8.137/90, bem como o de falsidade ideológica, inscrito no artigo 350, do Código Eleitoral.

Evolução patrimonial de Denarium

Os dados do TRE-RR, mesmo sem a declaração da relação de bens omitidos acima, mostra uma grande evolução patrimonial de Denarium nos últimos 4 anos.

Antes de virar governador, Denarium declarou, nas eleições de 2018, R$ 15.086.267. Já em 2022, quando concorreu à reeleição, ele declarou R$ 21.552.758,13. Desse modo, a diferença representa uma evolução patrimonial de cerca de 40% em 4 anos.

Fonte: Roraima em Tempo

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem