Main Ad

Polícia prende cinco acusados de homicídio praticado em Alto Alegre

A vítima, Joanatan Lima Sampaio Torres, de 25 anos, foi morta com golpes de foice, pelos acusados (Fotos: Ascom/PCRr)

A PCRR (Polícia Civil de Roraima) desencadeou uma operação que teve início nesta segunda-feira, 13, e se encerrou na manhã desta terça-feira, 14, visando o cumprimento de mandados de prisão preventiva de cinco homens, integrantes de uma facção criminosa, apontados como autores do homicídio de Joanatan Lima Sampaio Torres, de 25 anos, ocorrido em 7 de janeiro deste ano. A vítima foi atingida com golpes de foice em Alto Alegre, foi transferida para o Hospital Geral de Roraima, onde morreu no dia 14 de janeiro.

De acordo com informações prestadas pelo delegado titular de Alto Alegre, Wesley Costa de Oliveira, o crime vinha sendo investigado e os trabalhos apontaram que a vítima foi agredida por integrantes de uma facção criminosa, com golpes de foice no pescoço.

“Dessa forma, com os vestígios levantados, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva dos investigados e o Ministério Público, assim como o Judiciário, entenderam que haviam elementos suficientes e decretaram as prisões preventivas”, disse o delegado.

As diligências resultaram no cumprimento do mandado de prisão de G. S. S. C., apelidado de “Pinguim”, de 18 anos, F. S. M., apelidado de “Javali”, de 23 anos, R. B. S., conhecido por “Da Macha”, de 19 anos, K. A. B. R., vulgo “Mira” ou “Bessa” e E. G. S., de 24 anos, apelidado de “Macaquinho”

Segundo o delegado, todos os suspeitos envolvidos fazem parte da organização criminosa que age dentro e fora dos presídios de Roraima. Os integrantes dessa organização têm atuado Alto Alegre, praticando crimes como: furto, roubos, tráficos de drogas ilícitas, homicídios e ameaças, causando medo e transtorno aos munícipes.


Dinâmica do crime

As investigações apontaram que a dinâmica do crime ocorreu da seguinte forma: o acusado G. S. S. C., juntamente com K. A. B. R., arrobaram a casa da vítima, desferindo golpes de foice. Já os acusados F. S. M., e R. B. S., faziam

a segurança para que os dois que entraram na casa, cometessem o crime. Ainda segundo as investigações, o crime foi cometido a mando ou com autorização de E. G. S., apontado como o chefe de uma facção criminosa em Alto Alegre, que confrontou a vítima momentos antes do crime.

“Agora as investigações prosseguem e nós esperamos desvendar totalmente o homicídio praticado aqui no município de Alto Alegre. Esse é mais um duro golpe na facção criminosa atuante aqui em Alto Alegre e com essa ação nós esperamos trazer mais tranquilidade para o município.”, disse o delegado.

Todos os acusados tiveram seus mandados de prisão cumpridos e formalizados em Alto Alegre. Eles foram encaminhados para Audiência de Custódia.

FONTE: PCRR


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem