Main Ad

PCRR prende acusado de estuprar enteada de 10 anos em abrigo

A violência sexual ocorre desde quando ainda moravam na Venezuela (Fotos: Ascom/PCRR)

A equipe da PCRR (Polícia Civil de Roraima), por meio de policiais da DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente), cumpriu mandado de prisão preventiva contra o idoso venezuelano T. M. J., de 74 anos, acusado de estupro de vulnerável contra a enteada de 10 anos de idade. Ele foi preso na tarde de ontem, 14, no Abrigo do bairro Pricumã. A ação está inserida na Operação Caminhos Seguros, lançada em todo o País, pelo MJSP (Ministério da Justiça e Segurança Pública).

De acordo com informações prestadas pela delegada titular da DPCA, Jaira Farias, a vítima, também venezuelana, procurou a assistente de proteção do abrigo no último dia 13 e relatou que vem sofrendo violência sexual por intermédio do seu padrasto. Segundo a criança, a violência sexual ocorre desde quando ainda moravam na Venezuela.

Ela relatou ainda que, juntamente com outros dois irmãos, de 7 e 11 anos, sofrem maus tratos por parte da mãe e do padrasto. A criança relatou ainda que contou para a mãe que vinha sofrendo violência sexual por parte do padrasto, mas ela não acreditou na filha.

“Há inclusive, relatos de que essa mãe é negligente com os filhos, sai deixando as crianças sozinhas e com fome, inclusive uma dessas crianças é cadeirante”, detalhou a delegada.

Ainda segundo a delegada, após procurar ajuda no Abrigo, o Conselho Tutelar foi acionado e o caso foi levado ao Ministério Público, que já representou pela prisão preventiva do acusado, tendo em vista que a violência sexual contra a criança tem sido recorrente.

“A criança já apresentou sangramentos, após a violência sexual. Estamos investigando a omissão e maus tratos da mãe. A vítima foi encaminhada para exame pericial e também psicológico”, disse a delegada.

O acusado foi preso no final da tarde de ontem, 14, no Abrigo do Pricumã. Em interrogatório ele negou as acusações. A prisão dele foi formalizada na DPCA. Na manhã desta quarta-feira, dia 15, ele foi apresentado na Audiência de Custódia.

FONTE: PCRR

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem