Main Ad

Tenente-coronel e filhos ficam feridos após carro oficial da PM capotar na RR-205

Veículo ficou destruído após o capotamento — Foto: Divulgação


O tenente-coronel e comandante do Comando de Policiamento da Capital Marcelo Rocha, de 42 anos, capotou uma caminhonete oficial da Polícia Militar nesse sábado (6) em um acidente na RR-205, no bairro Cidade Satélite, e ficou ferido. Os dois filhos dele, um de 6 e outro de 14 anos, estavam no carro e também ficaram feridos.

O acidente ocorreu por volta das 20h e a PM foi acionada para atender a ocorrência. Ao chegar no local, encontraram a caminhonete fora da pista. As vítimas já haviam sido socorridas e levadas para o Hospital Geral de Roraima (HGR) e para o Hospital da Criança Santo Antônio.

Procurada, a PM informou que o militar devido à função que ele exerce o veículo fica de prontidão para o uso, razão pela qual ele estava com o veículo no momento do acidente, pois estava retornando de um evento oficial. Sobre a presença de familiares do militar no carro, a PM irá apurar as circunstâncias do ocorrido.

A guarnição foi até o HGR para colher o depoimento do policial, mas ele já tinha sido liberado e ido para casa. Na residência dele, a PM verificou que a habilitação estava regular e o teste do bafômetro deu negativo.

À PM, ele relatou que teve um compromisso oficial e estava sem motorista à disposição, por isso precisou dirigir a caminhonete da Polícia Militar. Ao voltar do compromisso, precisou pegar os dois filhos no bairro Murilo Teixeira.

Ao transitar na RR-205, sentido bairro ao Centro, próximo ao Vila Jardim, ele não viu um buraco e perdeu o controle do veículo e capotou. Ele justificou que a rodovia está em construção, falta de iluminação e sem sinalização e por isso não enxergou o buraco.

A perícia esteve no local do acidente e o carro foi removido para o pátio do Comando de Policiamento da Capital. A PM esclareceu que em caso de acidentes envolvendo carros oficiais da corporação é instaurado Inquérito Técnico Administrativo para apurar as circunstâncias e dinâmica do acidente.

FONTE: g1 Roraima

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem