Main Ad

Roraima tem maior valor médio do Bolsa Família no país em setembro

Programa Bolsa Família – Foto: Reprodução/Governo Federal


Em setembro, o estado de Roraima mantém, pelo quarto mês consecutivo, o maior valor médio do Bolsa Família do país: R$ 756,00. Em relação ao mês passado, o número de beneficiárias no programa de transferência de renda do Governo Federal cresceu 2,4% e alcançou 73,7 mil.

O repasse para o estado supera, em setembro, os R$ 54,2 milhões. O cronograma de pagamento nos 15 municípios de Roraima segue até o dia 29, com base no final do Número de Identificação Social (NIS).

O Benefício Primeira Infância, que prevê um adicional de R$ 150 a crianças de zero a seis anos, chega a 47,4 mil pessoas em setembro. Da mesma forma, o Benefício Variável Familiar, um adicional de R$ 50 para gestantes e crianças e adolescentes de 7 a 18 anos, alcança 78,5 mil pessoas no estado.

A capital Boa Vista é a cidade com maior volume de repasse em Roraima: R$ 23,3 milhões. Dessa forma, o benefício atende 31,9 mil famílias, garantindo um repasse médio de R$ 735,18. Na sequência, vêm os municípios de Mucajaí (R$ 3,2 milhões), Bonfim (R$ 3,2 milhões), Cantá (R$ 3,1 milhões) e Rorainópolis (R$ 3 milhões). Nestas cinco cidades, vivem mais de 50 mil famílias beneficiadas no estado.

Entre os cinco municípios com maior valor médio de repasse em Roraima no mês de setembro, três deles — Uiramutã, Normandia e Pacaraima, com R$ 970,14; R$ 902,02; e R$ 878,93 de valor médio, respectivamente — estão entre os dez maiores do país. Além disso, completam a lista Amajari (R$ 781,30) e Alto Alegre (R$ 773,63), com valores bem acima da média nacional (R$ 686,89).

Fonte: RR em Tempo

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem