Main Ad

Ministros do TSE voaram de FAB com Haddad após tornar Bolsonaro inelegível



Cerca de duas horas após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) anunciar a inelegibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) por oito anos, três ministros da Corte — Alexandre de Moraes, Floriano Marques e André Ramos Tavares — embarcaram em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) com destino a São Paulo (SP).

O voo foi solicitado tanto pelo ministro da Fazenda, Fernando Haddad, que também havia sido adversário de Bolsonaro nas eleições de 2018, quanto pelo Ministério da Defesa. A partida ocorreu às 16h25 do dia 30 de junho, logo após o encerramento da sessão em que a condenação de Bolsonaro foi decretada.

Esses detalhes foram obtidos por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI) pelo site Poder360. O portal ressalta que esses voos não infringem nenhuma lei ou regulamento vigente, representando uma política de “boa vizinhança” do governo com os ministros do Judiciário.

Fonte: Conexão Política

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem