Main Ad

Dólar descartado: Lula diz que negocia uso de moeda chinesa no comércio entre Brasil e Argentina


Fala do mandatário ocorreu em encontro com autoridades internacionais


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou, em agenda global nesta terça-feira (22), que as negociações comerciais entre o Brasil e a Argentina podem dispensar o uso do dólar e começarem a ser feitas com o yuan, a moeda chinesa.

A declaração foi dada durante a live semanal transmitida de Joanesburgo, na África do Sul, onde Lula participa da Cúpula dos Brics até quinta (24).

Na ocasião, Lula voltou a dizer que transações comerciais entre países específicos devem ser feitas em suas moedas locais ou outras de referência, ciente de que depois teriam suas cotações ajustadas pelos bancos centrais de cada país.

A alternativa já vem sendo defendida desde o começo do ano, quando fez críticas à hegemonia do dólar nas transações internacionais. De acordo com o petista, o comércio do Brasil dialoga com autoridades da Argentina, principal parceiro comercial na América Latina.

A expetativa é uma nova referência monetária em vez do dólar.

Fonte: Conexão Política

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem