Main Ad

Polícia Militar prende quadrilha especializada em furtos a carros

Quadrilha furta objetos de dentro de carros – Foto: Reprodução


A Polícia Militar de Roraima (PMRR) prendeu nesse sábado (29) uma quadrilha especializada em furtos a carros na região Norte. Os criminosos viajam vários estados para cometer crimes. De acordo com a PMRR, uma guarnição recebeu a informação de uma vítima que rastreou um fone de ouvido furtado na noite de sexta-feira (28).

Os policiais se dirigiram até o local onde a localização do objeto indicava, no bairro Senador Hélio Campos. Os agentes encontraram o fone dentro de uma mochila.

O homem, de 27 anos que estava no local tentou empreender fuga, sendo necessário contê-lo. Na tentativa de se desvencilhar, ele resistiu desferindo socos e chutes contra a guarnição. Então foi necessário a Polícia Militar fazer uso seletivo e progressivo da força. Além disso, foi confeccionado Auto de Resistência à Prisão.

Cessada a resistência, o suspeito confessou que, na noite de sexta-feira (28), saiu com os demais envolvidos, um homem e duas mulheres, com o intuito de cometer furto a veículos, utilizando um dispositivo conhecido como “Chapolin”.

Ele explicou inclusive, o funcionamento desse mecanismo, que consiste em impedir que os veículos travem as portas. Em seguida, os criminosos subtraem objetos de valor que as vítimas deixam dentro dos carros. Esse método, conforme o suspeito, foi usado para furtar os objetos no caso em questão.

Conforme o relato do suspeito à Polícia, ele esperou a vítima entrar no restaurante, foi ao carro e furtou uma mochila contendo vários objetos. Em certo momento, quando percebeu que alguns itens seriam facilmente rastreados, dispensou alguns (um iPad e um relógio Apple) em uma rua do bairro Aparecida. Desse modo, resolveu ficar com o par de fone, pois não sabiam que era rastreável, e com o dinheiro, uma quantia de R$ 2.200,00.

O suspeito informou que o dinheiro estava com o seu tio no quarto ao lado. Os policiais tentaram contato com o homem e ele informou que não tinha participação no delito e deu um empurrão em um dos membros da guarnição policial.


Bandidos agrediram policiais

Diante da agressão, foi necessário o uso seletivo e progressivo da força, com técnicas de imobilização e algemação policial. Os policiais também fizeram um Auto de Resistência à Prisão contra ele. Durante revista pessoal, encontraram o dinheiro dentro da cueca do suspeito.

Com a mulher, de 23 anos, os policiais encontraram o carregador por indução da marca Apple pertencente à vítima. Um par de óculos de sol, também estava na posse da outra suspeita, de 34 anos.

Além disso, os policiais encontraram no local vários objetos de origem duvidosa, entre os quais, carregadores de celulares e cartões de banco em nome de pessoas desconhecidas. Os militares questionaram os suspeitos a respeito desses objetos, porém cada um contou uma versão diferente sobre o material e a propriedade dele.


Quadrilha viaja estados do Norte para furtar carros

O indivíduo de 27 anos acabou informando à Polícia Militar que eles praticam esse tipo de delito em várias cidades e vieram a Roraima para cometer ilícitos. E que iriam para Manaus em seguida, pois não ficam em uma cidade por mais de uma semana, para não serem descobertos ou reconhecidos. Ele disse ainda que praticou delitos semelhantes na cidade de Porto Velho e em Manaus.

Fonte: RR em Tempo


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem