Main Ad

Duda defende que 5% do FNSP vá para escolas públicas




Em entrevista ao programa Palavra Aberta, da TV Câmara, o deputado Duda Ramos voltou a defender a aprovação do projeto de sua autoria que destina 5% do Fundo Nacional de Segurança Pública para as escolas públicas adotem medidas de proteção e segurança nas escolas públicas do país.

Duda alertou para um dado impressionante: só nesses primeiros cinco meses de 2023, 223 pessoas foram detidas por ameaças de ataques em escolas, enquanto que, de 2002 a 2022, portanto em 20 anos, apenas 16 casos de violência grave em escolas foram registrados.

"É uma realidade que assusta e amedronta a todos nós, pais, professores e alunos. O que assistimos todas as semanas nas TV e nas redes sociais mostram que há uma insegurança latente nas escolas. E pior, não causa mais espanto ou surpresa que um colégio, com alunos de menos de 15 anos, ocorram ameaças, e armas brancas ou peças que podem ser usadas em ataques tenham sido apreendidas", comentou.


INVASÃO DO MEDO - De acordo com Duda, há, ainda, há, ainda, o problema do medo que compromete o ritmo de vida de todos, desencadeando crises de ansiedade elevadas e constantes, sobretudo naqueles que foram vítimas ou testemunharam a violência. "O medo invadiu nossas escolas."

"O que propomos é adoção de medidas mais rígidas de segurança, que ofereça treinamento aos professores, alunos e funcionários das escolas sobre os protocolos de emergência ou como lidar em situações de risco que auxilie na redução de ataques, e por sua vez, na redução do medo, uma vez que aumenta a sensação de segurança em todos", defendeu o deputado, lembrando que a segurança das escolas não está restrita apenas aos membros das escolas, "elas são responsabilidade da sociedade em geral."


REFLEXÃO - Sobre o projeto, Duda tem destacado que os ataques que aconteceram esse ano merecem reflexão sobre a realidade da desigualdade socioeconômica que, sem dúvida, ajuda em comportamentos impulsivos e violentos em alguns indivíduos.

"Eu chamou a atenção para um fato importante: a influência de jogos virtuais que dissemina e banaliza a cultura da violência; o aumento do acesso às armas de fogo; a vulnerabilidade dos jovens a ideologias extremistas, dentre outros", destacou.

Duda finalizou a entrevista enfatizando que 5% do Fundo Nacional de Segurança Pública para aplicação de protocolos de segurança nas escolas não causará prejuízo algum aos governos dos estados, que são os receptores desses recursos, "já que o dinheiro será usado na prevenção de riscos nas escolas públicas, pois as particulares, com certeza, vão aplicar planos de segurança e embutir o custo disso nas mensalidades."

Fonte: FonteBrasil

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem