Main Ad

Zé Haroldo recebe convite para criar e presidir a Frente Parlamentar por Doenças Crônicas de Pele na Câmara

A frente parlamentar será um imprescindível instrumento no constante aperfeiçoamento da legislação e a implementação de políticas públicas. Zé Haroldo Cathedral (Foto: Ascom)


 

Em reunião realizada na quarta-feira de 26 abril, na Câmara dos Deputados, a presidente da Psoríase Brasil, Gladis Lima, convidou o deputado federal Zé Haroldo Cathedral (PSD-RR) para implantar e presidir a Frente Parlamentar por Doenças Crônicas de Pele. A reunião contou também com a presença do vice-presidente da associação brasileira, José Célio Silveira.


O deputado Zé Haroldo Cathedral ficou lisonjeado com o reconhecimento do trabalho empreendido em defesa de políticas de atenção à saúde das pessoas com doenças crônicas de pele no Congresso Nacional


O parlamentar reafirmou seu compromisso em atuar na promoção do cuidado integral das pessoas com diagnósticos de psoríase, dermatite atópica, urticária crônica espontânea, vitiligo e hidradenite supurativa, entre outras. Zé Haroldo ressalta que essas doenças geram um impacto significativo na qualidade de vida dos pacientes, afetando não apenas a saúde física, mas também saúde mental e emocional.


De acordo com o deputado, a frente parlamentar será um imprescindível instrumento no constante aperfeiçoamento da legislação e a implementação de políticas públicas nacionais, que garantam o acesso aos tratamentos adequados. “Nossa intenção também será ampliar este acesso a medicamentos, a disponibilização de serviços especializados de dermatologia em todas as regiões do país e a promoção de campanhas de conscientização para combater o estigma em torno dessas condições.  “O maior benefício desta iniciativa está centrado na qualidade dos serviços de saúde que favoreçam a inclusão social, com vistas ao bem-estar e ao exercício de cidadania”, salientou Zé Haroldo Cathedral.


Glaudis Lima afirmou que assim que teve conhecimento do Projeto de Lei de nº 213 de 2023, de autoria do deputado Zé Haroldo Cathedraljá definiu que ele seria orepresentante da luta pelas doenças crônicas de pele no Brasil. “Precisamos de força política no parlamento federal para o enfrentamento desta pauta. Tem muita doença negligenciada, com desconhecimento da sociedade, diagnósticos tardios e nosso desafio é mudar esta realidade”, afirmou a presidente


Os trâmites para a criação da Frente Parlamentar por Doenças Crônicas de Pele foram iniciados pelo deputado Zé Haroldo Cathedral, nesta quinta-feira (27), na Câmara dos Deputados, através do requerimento e coletas de assinaturas. Para ser criada, a frente necessita do apoio de pelo menos 1/3 dos membros do Poder Legislativo.

 


 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem