JANEIRO BRANCO - Prefeitura reforça a importância dos cuidados com a saúde mental

Ações são desenvolvidas nas unidades básicas de saúde


Começou nesta segunda-feira, 9, as ações voltadas à campanha do Janeiro Branco, em alusão a saúde mental. A programação especial, desenvolvida pela Prefeitura, reforça os cuidados e prevenção ao adoecimento emocional.

Na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Pricumã, a médica especialista em medicina da Família, Elizabeth Salás, realizou uma sala de espera com os pacientes que aguardavam atendimento. Ela ressaltou que da mesma forma que o corpo, a mente precisa de cuidados.

Palestras abordam saúde mental nas UBSs

“Quando percebemos que algo não está bem com as nossas emoções, precisamos buscar ajuda, nos conscientizar que esses sofrimentos têm tratamento e podem ser prevenidos quando os riscos são percebidos”, orientou.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), saúde mental é um estado de bem-estar no qual um indivíduo realiza suas próprias habilidades, pode lidar com as tensões da vida e trabalhar de forma produtiva. O Brasil é o segundo País das Américas com maior número de pessoas depressivas e é o País com maior prevalência de ansiedade no mundo (9,3%).

A dona de casa Maria Virgínia Cariaco participou da palestra e pretende cuidar da sua saúde mental. “Vim marcar uma consulta e não sabia o quanto é importante cuidar da mente para o corpo também estar bem,” disse ela.

Estrutura de atendimento – Para atender pessoas com questões relacionadas à mente e problemas psicológicos como depressão e ansiedade, Boa Vista oferece psicoterapia em 16 das 34 UBSs.


Equipes preparadas para reforçar ações

A Prefeitura também disponibiliza os serviços do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS-II) para pacientes com transtorno severo, grave ou persistente.

Há ainda o Manual da Rede de Atenção Psicossocial, lançado em novembro do ano passado, que norteia as ações dos profissionais em saúde mental, tanto da capital quanto das equipes de estratégia de outros municípios. O documento pode ser acessado no site da Prefeitura e é um norteador das práticas de atendimento psicossocial em Roraima.

Estatística – Em 2022, Boa Vista realizou 162 ações especiais relacionadas a saúde mental, como prevenção ao suicídio, autocuidado e fortalecimento da saúde mental. As atividades foram desenvolvidas com as equipes multidisciplinares das 34 UBSs.

Na Telemedicina, foram 474 atendimentos, sendo 234 em neurologia e 240 em atendimentos psiquiátricos.

Quanto ao serviço psicossocial, foram 7.965 pessoas atendidas em 2022. Quase o dobro de atendimentos, comparado ao ano anterior, que fechou com 4.225 pacientes atendidos. As principais patologias foram transtorno de ansiedade, depressão, problemas comportamentais e transtornos neurológicos diversos.

O coordenador em Saúde Mental do município, Anderson Oliveira das Neves, ressaltou que “no primeiro mês do ano as pessoas estão mais propensas a refletirem sobre suas vidas, daí a importância da campanha Janeiro Branco, lembrando que os atendimentos na rede municipal de saúde ocorrem ao longo de todo o ano”.

Programação – Durante o mês de janeiro, as UBSs intensificarão as ações voltadas a saúde mental para a população em geral e servidores públicos das próprias unidades. Haverá palestras, distribuição de materiais informativos, panfletos, cartazes, compartilhamento de vídeos com a temática nos grupos de trabalho e dinâmicas de grupo.


Campanha Janeiro Branco reforça cuidados com saúde mental

Nas palestras, entre os temas abordados serão: “Saúde Mental importa”; “Burnout e Saúde Mental com profissionais de Saúde”; “Promovendo saúde Mental na gestação”; “Desafios Maternos”; “Cuidando de mim”; e “Equilíbrio entre a mente e o corpo”.


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem